Um amor, um sinal

Enquanto ela procurava uma música rapidamente, senti ali do meu carro que tinhamos muito em comum. Achei um charme aquele cabelo preso, meio solto. Só a minha segunda namorada sabia amarrar o cabelo dessa forma. Imaginei a gente no cinema de mãos dadas, a nossa lua de mel em uma praia deserta, os nossos filhos correndo em um quintal de grama usando camisetinha do ramones… o amor chegou de forma inesperada e foi embora em um celta branco quando o sinal abriu. E nesse meio tempo, só espero que tenha conseguido dizer alguma coisa com um olhar de quem acabou de sair do oftalmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s